10 dicas para comprar bilhetes de avião baratos

Alguma vez desejou visitar um lugar acabando por não o fazer por a viagem ser demasiado cara? Eu sim. Mas isso é passado - hoje em dia não há desculpas para não encontrar os melhores preços possíveis. Eis algumas dicas para encontrar as passagens aéreas mais baratas.

1. Apagar as cookies

Já reparou que quanto mais pesquisa um voo, mais o preço aumenta? Não se preocupe, não está louco - é um facto. Os profissionais de marketing e respectivas ferramentas estão cada vez mais sofisticadas - uma delas: as cookies. As cookies são conjuntos de dados, que rastreiam o seu comportamento e ajudam as companhias aéreas a determinar a sua vontade / necessidade de comprar um bilhete. Como consequência, aumentam os preços, esperando que você acabe por ceder e efectue a reserva. Assegure-se de que está a navegar em modo privado / incógnito: se estiver a usar Google Chrome ou Safari, basta carregar em ctrl + shift + N, já que isso abrirá uma nova janela, que lhe permitirá navegar em modo privado.

2. Pesquisar o maior número possível de motores de busca de voos

Já ouviu falar no Skiplagged ou no Skyscanner? Estes motores de busca usam algoritmos únicos, o que lhes permite cobrar taxas baixas dado o elevado volume de vendas que apresentam. Em certos casos, pode economizar até 80% num bilhete! A Skiplagged é tão eficaz que a United Airlines empreendeu uma acção legal contra a empresa. A Hopper é outra excelente aplicação, destinada a ajudá-lo a determinar qual o melhor momento para comprar.

3. Ser flexível em relação às datas dos voos

Quanto mais pessoas quiserem viajar na mesma data, mais caro será o bilhete: é a lei da oferta e da procura (gostava que o meu professor de Economia me visse agora a escrever isto). Tente evitar a multidão - se estiver a planear viajar num fim-de-semana ou durante um feriado, reserve com antecedência ou seja flexível. Às vezes, reservar um voo de um dia para o outro pode significar uma diferença de algumas centenas de euros.

4. Considerar alternativas de viagem

Uma amiga minha vai viajar para Mérida (México) este Verão. Inicialmente, ela estava a tentar encontrar um voo directo de Paris para Cancún, mas ao ver os preços exorbitantes não conseguia conter a tristeza que lhe ia na alma. Assim, em vez de optar pela solução fácil e directa (mas extremamente cara), ela optou pela opção voar mais e durante mais tempo mas pagar menos: de Nantes (França) para Madrid (Espanha) - daí para Frankfurt (Alemanha) e de lá para Montreal (Canadá) antes do seu último voo de conexão para Cancún. Sabe quanto isso lhe permite poupar? Mais de 500€. Se está a procurar voos mais baratos, pesquisar itinerários alternativos pode ser uma boa solução.

5. Utilizar transportadoras aéreas de baixo custo

Se estiver disponível para sacrificar um pouco de espaço para as pernas, entretenimento a bordo ou uma refeição, as companhias aéreas de baixo custo provavelmente poderão tornar-se a curto prazo nas suas melhores amigas. Há muito por onde escolher: Easyjet, Ryanair, Wizz Air, Iberia Express, etc. Um conselho: não se esqueça de efectuar o check-in online e de imprimir o seu cartão de embarque, já que algumas dessas transportadoras cobram uma taxa considerável se não o fizer. Certifique-se também de que respeita o estipulado em termos de bagagem de cabine.

6. Usar o estatuto de estudante para obter descontos

Quer seja um estudante que planeia a sua viagem Erasmus ou apenas o seu próximo feriado, esteja ciente de que há muitos descontos disponíveis e aplicáveis. Diversos websites dedicam-se a ajudar estudantes a reservar os seus voos: como exemplo, o STA Travel pode ajudá-lo a encontrar alguns excelentes descontos!

7. Reservar o voo com antecedência... mas não demasiada

O ideal é efectuar a reserva entre 6 e 8 semanas antes do voo: quanto mais perto da data de partida, mais caro será o bilhete, especialmente nos 14 dias que antecedem o voo. Se estiver a planear uma viagem internacional, deverá considerar reservar ainda com maior antecedência. Como alternativa pode esperar pelas ofertas de última hora e rezar para que haja algo interessante - mas não baseie as suas férias única e exclusivamente neste cenário hipotético.

8. Subscrever um programa de passageiro frequente

A maioria das companhias aéreas têm programas de fidelidade, o que é vantajoso para ambas as partes: incentiva-o a reservar voos com essa transportadora mais frequentemente e ao mesmo tempo recompensa-o por isso, geralmente com "pontos". As especificidades de cada programa de fidelidade dependem da companhia aérea, mas geralmente permitem-lhe usufruir de tarifas vantajosas a partir do momento que tenha acumulado um certo número de pontos / tenha viajado determinada distância.

9. Estar atento aos erros das transportadoras em termos do preço dos bilhetes

As companhias aéreas são empresas bastante grandes e às vezes cometem erros ao publicar os preços dos bilhetes, o que para si representa uma oportunidade única. E antes que pergunte - sim, é perfeitamente legal e vinculativo. Pode consultar websites como por exemplo o Airfare Watchdog ou o Secret Flying, já que os mesmos pesquisam e compilam num só lugar todos os erros em termos do preço dos bilhetes. Não é de todo improvável encontrar descontos de 80% em bilhetes usando este simples truque.

10. Solicitar um reembolso se o preço diminuir consideravelmente após efectuar a sua reserva

"Não está certo, comprei o meu bilhete por 120€ e agora custa apenas 90€ ...". Já ouviu isto antes? Pode solicitar o reembolso à companhia aérea - cada uma tem a sua própria política relativamente a este assunto, mas regra geral é possível obter a diferença em termos do preço; ou então, em alternativa, se cancelar a sua reserva no período de 24h máximo após a mesma, obter o reembolso total. A Yapta pesquisa e segue os voos que você tiver reservado e emite-lhe um alerta se / quando os preços caírem. No entanto, note que não há nenhuma garantia de que obterá o seu dinheiro de volta.

Dica extra

Caso o seu voo sofra um atraso, seja cancelado ou o embarque lhe seja negado, poderá ter direito a receber até 600€ de indemnização. Não hesite em usar o nosso Calculador de Compensação para saber se o seu caso é elegível!

Tem a sua própria técnica para encontrar bilhetes baratos? Partilhe-a connosco - nós também gostamos de viajar! Subscreva a nosssa Newsletter para ter acesso a mais conselhos e informações úteis de viagem!