7 motivos surpreendentes para o atraso nos voos

Os passageiros adoram queixar-se e tuitar a transportadora aérea quando o voo está atrasado ou foi cancelado. Mas para além do já clássico "motivos operacionais", "dificuldades técnicas" ou "tráfego aéreo", ficaria surpreendido ao descobrir até onde a originalidade pode chegar. Eis alguns dos motivos mais surpreendentes.

1. Máquinas de café

As máquinas de café dos aviões são muito diferentes das que tem em casa, já que têm componentes que permitem que a água ferva adequadamente mesmo em altitudes elevadas e o circuito eléctrico só é compatível com o dos aviões.
Nesse sentido, a FAA (Administração Federal de Aviação) nos EUA e a EASA (Agência Europeia para a Segurança da Aviação) na UE exigem que os fabricantes incluam segurança adicional relacionada com a prevenção de incêndios eléctricos. Como tal, se uma máquina apresentar uma anomalia, a equipa de manutenção terá que ser chamada a intervir. E isso pode resultar em atrasos nos voos. Mas é isso ou viajar sem café...

2. Clima

Na verdade, não é verdadeiramente surpreendente. Excepto no caso abaixo:

image caption

A explicação fornecida por uma assistente de bordo, é que todo o itinerário deve estar livre de qualquer obstáculo meteorológico. Bastante óbvio quando pensamos sobre isso - mas eu concordo, é mais divertido reclamar.

3. Tartarugas na pista

O aeroporto JFK (Nova Iorque) torna-se ocasionalmente em ponto de passagem obrigatório para as tartarugas que vão depositar ovos em Jamaica Bay. Se nesse momento nenhuma outra pista estiver disponível, o que é muito provável, o melhor é preparar-se para um considerável atraso - directamente proporcional à velocidade das tartarugas.

image caption

4. Passageiros (ricos) furiosos

O que faria se a assistente de bordo ousasse servir-lhe nozes num pacote e não num prato banhado a prata? Se se tratar da filha do presidente da transportadora, poderá ficar tão chateada que decida ordenar ao piloto voltar atrás e aterrar o avião. E como resultado ser condenada a um ano de prisão por interferir com a segurança do voo e dos passageiros. E, acredite ou não, isso aconteceu mesmo num voo da Korean Air.

5. Estar no mesmo voo que um francês

Todos sabemos o quão inoportunos os franceses podem chegar a ser (sou francês, portanto posso afirmá-lo!). Ser um actor famoso não o isenta das regras - pelo contrário. Após embarcar no seu voo para Dublin, Gerard Depardieu sentiu a súbita necessidade de se aliviar. O facto de o avião estar em processo de descolagem e de como tal o sinal do cinto de segurança obrigatório estar aceso, levou a assistente de bordo a negar-lhe a permissão para se deslocar aos lavabos. Ora isto não impediu o actor de, como ele próprio mais tarde afirmou: "urinar como um elefante". Ao que parece, ele elegantemente (não, de elegância não teve nada ...) aliviou a sua bexiga numa garrafa, bem como no chão do corredor, causando um atraso de 2 horas no voo. Agora já está avisado sobre os franceses.

image caption

6. Criminoso a bordo

Não perca o controlo, mas se estiver a ler isto no aeroporto, o passageiro ao seu lado pode estar envolvido em actividades ilegais e ser procurado pela Polícia. Durante um voo de Washington para Pequim, o avião teve que dar meia volta para que o FBI pudesse prender um sequestrador. No entanto, a probabilidade de isso acontecer ao seu voo é mínima.

7. Ataque de pássaros

Por vezes acontece pássaros embaterem contra o avião e nalguns casos o impacto ser tão forte que o danifica ou permite que os pássaros entrem a bordo do mesmo. O último caso aconteceu com a Qatar Airways, que se viu forçada a aterrar de emergência em Istambul.

Os atrasos em voos são um verdadeiro problema, e como tal, em certos casos, permitem-lhe ter direito a indemnizações de até 600€. Se o motivo for original, pelo menos terá uma boa história para contar! Subscreva a nossa newsletter para ter acesso a mais informações sobre viagens e direitos dos passageiros!